Câmera aprova cancelamento de 10% de reajuste para o IPTU no próximo ano

O IPTU é um imposto anual muito importante para a arrecadação total do Governo, além de garantir melhoria para as regiões de arrecadação. Em alguns estados, esse imposto é bem elevado, possuindo uma variação notável de um local para outro. Por isso, a notícia de redução da média do IPTU, deixou os proprietários contentes. Veja tudo a seguir:

Muitos reajustes foram postos em prática para mudar a situação econômica do país em 2020, tais como a Reforma Tributária e a Reforma Trabalhista.. Diversos setores da vida do trabalhador brasileiros foram afetados pel.a mudança e por isso, a notícia da suspensão do reajuste do IPTU causou alivio nos brasileiros donos de imóveis.

O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) era um dos impostos que está previsto para aumentar em 10%, representando um peso para o orçamento do brasileiro, que já teria de cumprir com o pagamento do IPTU reajustado nos próximos meses.

O que foi um alivio também para alguns brasileiros que moram na região e que sofreriam o reajuste estadual. Vale lembrar que alguns estados possuem uma cobrança de impostos consideravelmente superiores a outros.

Por essa razão, os brasileiros que vão cumprir com o IPTU BH 2020 deve estar atento ao valor original do imposto e não aquele que sofreria o reajuste.

De acordo com o próprio Governo, cerca de 150 mil imóveis estariam sendo beneficiados pela suspensão desse reajuste.

O que é interessante mencionar sobre a notícia é que a votação aconteceu na Câmara de Campinas, região que previa o reajuste para o próximo ano, uma vez que o IPTU é variável e depende do poder estadual para ser modificado de alguma forma.

Na verdade, quem reside na região já vinha sofrendo reajuste de aumento desde 2018, no qual 30% foi aplicado ao valor do IPTU. Outros 10% de reajuste foram aplicados em 2019 e a expectativa é que o mesmo percentual fosse acrescentado ao imposto em 2020.

O pedido passou pela Câmara e chegou a ser a aprovado pelos encarregados que participaram da votação, mas a medida foi suspensa depois do cálculo total de arrecadação do Refis, um outro valor muito importante para os cofres estaduais.

Depois do cálculo dos valores mencionados anteriormente, a Prefeitura identificou uma sobra considerável do valor total, o que possibilitou não só a suspensão do reajuste de 10% para o Imposto Predial e Territorial Urbano, como a devolução da sobre de R$ 30 milhões orçamento do poder Legislativo para o poder Executivo.